Mateus 24

O projeto propõe o estudo de 50 psicografias inéditas, de três autores diferentes, trazendo reflexões acerca da parte inicial do capítulo 24 do Evangelho de Mateus. A leitura aliada à metodologia fomenta uma rica experiência de aprendizado e comunhão entre os dois planos da vida.

Os textos do projeto Mateus 24 começaram a ser psicografados por volta de 2012 pela médium Janaína Farias, em Belo Horizonte. Dois autores iniciaram as psicografias comentando os versículos de 1 a 14.

Em 23 de novembro de 2016, recebemos a mensagem “Ascendamos ao dever”, pela qual se apresentou o terceiro autor que comporia a equipe de escritores.

Assim, iniciou-se no Instituto SER um grupo dedicado às psicografias e ao intercâmbio com os autores. O conteúdo foi reconhecido como consistente, tanto em argumento quanto em qualidade textual.

Configurou-se a oportunidade de se mobilizar a participação de novos leitores para uma apreciação mais ampliada do conteúdo. Então, em parceria com a espiritualidade, foi desenvolvida uma metodologia que pudesse atender aos objetivos do trabalho.

Na primeira etapa de estudo, em um círculo restrito de leitores, adotamos os codinomes Autor 1, Autor 2 e Autor 3 para que não houvesse viés de análise por conta das assinaturas nas mensagens. Entretanto, agora, este cenário mudou e pretendemos em breve, vencidas algumas questões éticas e legais, apresentá-los com os nomes com os quais se apresentaram.

Duas razões básicas nos levaram à decisão de divulgação. A primeira vem do fortalecimento da confiança nos textos e nos autores. A interação periódica se intensificou durante o processo de amadurecimento do trabalho. E deriva dessa relação mais estreita a segunda razão. O teor disponibilizado é instrutivo, inspirador e consolador. Mas o projeto transcende a oferta de um conteúdo edificante. Ele tem como caráter essencial a naturalidade do intercâmbio e da parceria com os Espíritos, sempre conduzidos pela responsabilidade inerente a qualquer associação humana dedicada a Jesus Cristo.

Não duvidamos que esse constitui o interesse também de seus responsáveis espirituais. São conhecidos e devotados servidores do Evangelho e da Doutrina que, num esforço pessoal, direcionam novamente sobre os companheiros na matéria luzes que iluminam e aquecem os corações.

+254 matriculado
Não Inscrito

Estudo Inclui

  • 16 Textos
  • 50 Assuntos