Publicado em

06 – Esperar… esperar

Ouvir Download

Tudo o que Deus pode, o Homem não. De então, o maravilhoso torna-se diário-trivial; o improvável passa a ser coisa que se alcança, ou mensura. O céu estrelado, o ocaso e a aurora, o desabrochar de uma flor… Também os encontros; gente topando com gente e, disso, o amor. Tal que reconcilia, que corrige o prumo, que amadurece o fruto…

E esse amor ainda, em tudo que é do Homem: roça de mandioca; saca de polvilho; fornada de biscoito. Do que, a saber, há um prazo para que a rama germine; o polvilho escalde, o biscoito asse. O Homem de Deus, no mundo; amorosamente. No amor que sabe esperar… esperar…  Esperança.

06 – Esperar… esperar

(Luis Barcelos e Aluizio Elias)
canta Ilessi

Pode o Senhor compor constelação
Com o astro e a imensidão
Com o instante e a eternidade

Pode crepuscular a tarde e o coração
O céu beijando o chão
Pinta o poente em nós

Pode o Senhor guardar em comunhão
A moça e o dragão
O servo e a potestade

Pode enluarar o olhar da escuridão
Silêncio e confissão
No limiar da voz

Sabe o amor esperar… esperar (2x)

Esperar o amanhecer, a flor desabrochar
Esperar o escaldado do polvilho esfriar
Esperar o anoitecer, a estrela despontar
Esperar o chuvisco da tardinha estiar

Sabe o amor esperar… esperar (2x)

Pode o Senhor prover consolação
O enfermo e a compaixão
No altar da piedade

Pode aurorear o sol da redenção
A mártir e o perdão
Na remissão do algoz

Sabe o amor esperar… esperar (2x)


ILESSI – Voz | LUIS BARCELOS – Arranjo / Violões | BEBÊ KRAMER – Acordeon | PEDRO AUNE – Contrabaixo Acústico | RUI ALVIM – Clarineta | MARCUS THADEU – Caixa com vassoura / Pratos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *