Publicado em

07 – Murundu de tatupeba

Ouvir Download

Meu avô apreciava muitas curas feitas por nosso Senhor; pregações ministradas na missa de domingo. Mas uma delas, mais que todas. Caso que lhe deixava um grande sorriso estampado no rosto. Do qual, se dizia, era um moço paralítico que queria estar com o bom Jesus, mas não podia. O Messias estando dentro de uma casinha de pescador, tapera, tabazinha galileia. Outros; os do paralítico, decidiram botá-lo lá dentro; perante a Santidade.

Atou-se o infeliz e guindaram o cujo ao teto. Quando no alto, sobre o telhado, no toldo da taperinha, começaram a cavar um buraco, feito de tatu. De tanto escavarem, abriu-se a toca. O moço pôde, por ali, descendo, chegar até a Realeza. Onde a felicidade do absoluto; onde o bem viver dos santos; onde a glória de nosso Deus. Disso, que era o oculto, intentou-se… tateou-se… atinou-se… com o tento, com ternura.

07 – Murundu de tatupeba

(Luis Barcelos e Aluizio Elias)
cantam Grazie Wirtti e Ilessi

Toca de tatu
O oculto ao tato
Tu, contudo, toca e esperta

Toca de tatu é mote
É o monte oculto
E, entanto, o tento avistará

Toca a timba, tine o tambor
Bate e toa no tom, no tempo
Desperta, tenta e teima
Atenta para o teor do tema
Se a morte é o teu temor

Topo, teto, toldo, tinor
Tento, tenda, taba, tapera
Tanto tá no telhado
Quanto tá na ternura
A Toca de tatu
O teu vetor

Mas tamborilaria
E o tímpano atentaria
Ao toque do Cristo Redentor

Tino tatearia
No teto encostaria
É a Toca…
É o Monte…
É o teu Tabor

Toca de tatu
Ou meta augusta
A metáfora cantora

Toca de tatu
É mito
É um manto metafísico
Matutação

Do Perfeito é a feitoria
Do feito, a fatia
Da parte, o sertão

Tateando a sertania
Na Toca teria
A constatação

Toca a timba, tine o tambor…

Toca de tatu
Escuta, acata
Tu que entende e intenta, atende

Toca de tatu
É o quarto interno
O Santo dos santos
Contemplação


GRAZIE WIRTTI – Voz | ILESSI – Voz | LUIS BARCELOS – Arranjo / Violões | BEBÊ KRAMER – Acordeon | ALBERTO CONTINENTINO – Baixo Elétrico | EDUARDO NEVES – Flauta / Flauta em Sol | MARCUS THADEU – Tambores / Xequerê com vassoura


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *