7 Min com Emmanuel: #060 – Aprendendo

Ouvir Download

7 Min com Emmanuel – Cap 60

Tornai-vos praticantes da Palavra e não simples ouvintes, enganando-vos a vós mesmos!

Tiago 1:22

Aprendendo

Cada vez que as circunstâncias te induzam a ouvir as verdades do Evangelho, não admitas que o acaso esteja presidindo a semelhantes eventos. Forças ocultas estarão acionando a oportunidade, a fim de que te informes quanto ao teu próprio caminho.

Não te faças, pois, desatento, porquanto, a breve espaço, serás naturalmente chamado pela vida para testemunhar.

Observa a escola e as disciplinas com que se formam determinados profissionais. Acadêmicos de Medicina ouvem lições para curar os doentes ou auxiliálos; estudantes de Engenharia escutam ensinamentos para que os apliquem à técnica das construções no plano terrestre; contabilistas gastam tempo, de modo a garantirem a sustentação do comércio, na arte de fazer contas; tecelões assimilam princípios, em torno de certas máquinas, para atenderem, oportunamente, à indústria do fio…

Qualquer estudo nobre é aquisição inapreciável, mas se mora estanque, na alma de quem aprende, assemelha-se a pão escondido aos que choram de fome.

Ouvir, sim, os preceitos da Espiritualidade Superior, mas agir, Segundo nos orientam, porque, se sabemos e não fazemos o que o bem nos ensina, melhor fora não saber, para não sermos tributados, com taxas de maior sofrimento, nas grades da culpa.

(Reformador, maio 1961, p. 98)

***

Comentário de Haroldo Dutra Dias:

Assevera-nos o Benfeitor Emmanuel que “Cada qual de nós, conforme as leis que nos regem, se encontra hoje, no lugar certo, com as criaturas adequadas e nas circunstâncias justas, necessárias ao trabalho que nos compete efetuar, na pauta de nosso próprio merecimento. “ (Segue-me, Cap. Teus encargos).

Sendo assim, atendendo aos sagrados propósitos de nosso burilamento e regeneração espiritual, as forças divinas que dirigem nossa evolução canalizam, diariamente, as lições inadiáveis que nos compete assimilar, mesmo nas menores circunstâncias cotidianas.

Não é salutar supor que o acaso presida nossa vida, visto que a providência divina se alicerça no infinito Amor e na Sabedoria integral, engendrando a perfeita justiça.

Tal fato reclama de nós profunda capacidade de observação, como nos adverte o Benfeitor:  “O discípulo não pode guardar-se, defendendo simultaneamente o patrimônio que lhe foi confiado, sem estender a visão psicológica, buscando penetrar a intimidade essencial das situações e dos acontecimentos. Olhai o trabalho de cada dia.
O serviço comum permanece repleto de mensagens proveitosas.
Fixai as relações afetivas. São portadoras de alvitres necessários ao vosso equilíbrio.
Fiscalizai as circunstâncias observando as sugestões que vos lançam ao centro da alma.
Na casa sentimental, reúnem-se as inteligências invisíveis que permutam impressões convosco, em silêncio.
Detende-vos na apreciação do dia; seus campos constituídos de horas e minutos são repositórios de profundos ensinamentos e valiosas oportunidades. “  (Vinha de Luz, Cap. 87).

Por outro lado, é justo considerar que toda lição recebida demanda aplicação e testemunho do aprendiz, em função das justas aferições que disciplinam o caminho ascensional do espírito em evolução.

“É indispensável acionar as possibilidades da nossa cooperação fraterna, os recursos ainda que reduzidos de nossa bolsa, o nosso concurso pessoal, o nosso suor e as nossas horas, a benefício daqueles que a Sabedoria Divina situou em nossa estrada para testemunharmos a própria fé. “ (Palavras de Vida Eterna, Cap. 11)

Produção: SER

Projeto: 7 Minutos com Emmanuel – cap 060

Gravação e Comentário: Haroldo D. Dias

Música: Fim dos Tempos – João Cabete

Interprete: João Paulo Lanini – Violão

Edição: Júlio Corradi

Design: Júlio Corradi

Foto: Renata e Yuri Fotografia – http://www.renataeyurifotografia.com.br

Foto cedida para divulgação no seminário líteromusical Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho.

Comentários